segunda-feira, agosto 02, 2010

Madrugada na porta do colégio com porcos

Passar a madrugada na porta do colégio para garantir a matrícula da filha, por si só, já uma experiência bizarra.

Mais bizarro ainda é ouvir a conversa de outros pais.

Tinha um deles, um veterinário, que contava sua experiência com suinocultura.

- A gente tinha de fazer uns serviços bem xaropes.

- Ah, é? Que tipo?

- Todo dia a gente tinha de colher a primeira urina dos porcos para exame.

- E como você sabia que era a primeira urina do porco?

- A gente chutava os porcos que estavam dormindo e eles saiam correndo urinando.

4 comentários:

Anônimo disse...

Alô ,dona graça????

Marcelo de Andrade (Mandrade) disse...

Prezado Anônimo,

Não se pode acertar sempre. Herrar é umano.

Um abraço,

Marcelo

Ana Carolina disse...

puxa, que maldade... os seres humanos sempre me surpreendendo.

Danilo Co disse...

ah vá! Humor afro-descendente é pra quem quer ver! não quer? Não é culpa do Mestre Macelo (?!)