sexta-feira, agosto 21, 2009

Alguém lá em cima leu Kafka

Fui intimado por um órgão federal a prestar esclarecimentos sobre algumas informações que não gerei nem sobre as quais tenho responsabilidade. Sabe Kafka? Me senti numa obra dele.

Deram cinco dias de prazo. No quarto dia faltei ao trabalho e fui à repartição munido de todos os documentos solicitados.

A funcionária que me recebeu lembrava a vilã de A Pequena Sereia, da Disney. Com a delicadeza peculiar da sua sósia marinha, ela protocolou os papéis e já ia dando por encerrado o atendimento, quando eu perguntei se havia algum prazo para o órgão dar seu parecer final sobre o caso.

- Não tem previsão - sentenciou ela, do alto de seu pedestal burocrático.

Para mim, cinco dias, para o Estado, a eternidade.

É dose para leão.

Um comentário:

Peri disse...

Burrocracia mesmo!
O problema é que a parafernália é deles mas a orelha fica com a gente.
Ótimas comparações. Adoro seus desenhos.