quinta-feira, novembro 27, 2008

Rebelde

Às seis, acordei.
Como sempre.
Mas hoje iria ser diferente.
Ordenei: - Eu fico em casa,
e você vai para o batente!

Nenhum comentário: