terça-feira, novembro 18, 2008

Adeus: making of

Perguntaram se o post anterior era uma carta suicida ou um anúncio de encerramento do blog.

Bem, morrer todo mundo vai um dia. E espero que, no meu caso, não seja pelas minhas próprias mãos. Sou muito desastrado e é capaz de não dar certo. Portanto, agradeço as mensagens de apoio, mas não precisam se preocupar com minha morte. Agradeceria mais se se preocupassem com minha vida. rsrsrsr.

Quanto ao blog, já tentei parar, mas não consigo. Acho que viciei nele. E, depois, tem muita gente que o ignora. Se eu parar, essas pessoas terão que arrumar outra coisa além de fingir indiferença.

Então ficamos assim: se um dia eu parar, agradeço de antemão todo mundo que um dia passou por aqui para ver minhas desastradas linhas.

Enquanto não paro, peço a gentileza de divulgarem o blog para mais pessoas.

E bola para frente.

6 comentários:

deboinha disse...

Pow.. Pára não! Humor bom e "sensato" do teu blog ultimamente pouco que se vê. Até linko no meu blog, apesar de poucas visitas, como vc diz que tem o seu, mas já vale alguma coisa.

Anônimo disse...

Marcelinho,


Ando tao distraída (despassarada, como diriam em terras lusas) que li seu poema e nem prestei atencao: e nao é que ele soava como despedida? Fiquei babando e rindo nas rimas e logo postei meu comentário e só agora fui atentar para os fatos. Ufa, bom saber que por enquanto a gente se encontra pelo menos por aqui.

Beijao,


Mel&Jan&Pulguinha

George Marques disse...

Eu não tinha pensado nisso.
Mas ainda bem que o blog não vai acabar :)

Marcelo de Andrade disse...

Deboinha, o seu link é uma grande ajuda, sim.

Mel e George, aquele poema (se é que posso chamar aquelas rimas tortas disso)foi apenas ficção. Entenda como uma crônica, um conto sobre alguém que já está de saco cheio da vida, que já cumpriu com todas a suas obrigações e quer dar mais um passo - natural - no ciclo de sua existência, a morte, para ver o que tem do lado de lá. Não é autobiográfico.

Anônimo disse...

Amigo, então antes que você desista de nos deliciar com seu humor fino, vamos divulgar mais seu blog. Prometo, ok?
Beijão,
Bia Ferreira

Marcelo de Andrade disse...

Oi, Bia, agradeço a força.