quarta-feira, abril 30, 2008

Uma questão de foco

Fico surpreso com a revolta da população contra o casal acusado de assassinar a própria filha. Que desperdício de energia. Os dois já foram indiciados e deverão ser denunciados à Justiça. É chutar cachorro morto. É covardia.

Também me causa espanto o quanto as pessoas ficam indignadas contra erros de arbitragem de um simples jogo de futebol. Brigam na rua defendendo ou reclamando da ajuda do juiz, amizades ficam abaladas, enfim, erro de arbitragem é comoção social.

Seria tão bom se essas mesmas pessoas tão zelosas de seus interesses também se revoltassem contra os corruptos e canalizassem sua raiva para exigir dos governantes uma escola melhor, um hospital melhor, habitação, transporte de qualidade, etc.

Mas o que se vê é uma apatia geral com relação a assuntos de real interesse.

O brasileiro mesmo é um povo com glúteos flácidos.

3 comentários:

Profe Elis disse...

Concordo, em gênero, número e grau, penso exatamente da mesma forma. Fico indignada com os criminosos e igualmente indignada com a falta do que fazer de algumas pessoas.
Abraço.

Anônimo disse...

Bobagem. Um mau governante voce troca por outro atraves do voto. Um erro de arbitragem nao tem volta. E chutar cachorro morto e' bem mais seguro que chutar cachorro vivo.
Falando serio: eu nao vejo saida para o Brasil.

Marcelo de Andrade disse...

Obrigado pela manifestação. Voltem sempre.