quinta-feira, agosto 30, 2007

Econometria básica.

Metrô, hora do rush. Tenho a sorte de sentar. Logo se forma uma muralha humana a minha frente. Em pé, um rapaz segura heroicamente com uma das mãos um livro robusto, mil e tantas páginas. Na capa lê-se "Econometria básica".
O senhor do meu lado olha para o tijolo de papel na mão do rapaz e em seguida deixa escapar a pérola:
- Se esse livro é o básico, imagina o tamanho do avançado!

Nenhum comentário: